sexta-feira, 14 de junho de 2019

Grandes vencedores eleitorais de "Miúdos a Votos"


Conhece os resultados da atividade "Miúdos a Votos: Quais os livros mais fixes?"

Obrigada pela Tua participação!

«Não Abras Este Livro», «Avozinha Gângster», «Harry Potter e a Pedra Filosofal» e «A Culpa é das Estrelas» foram os grandes vencedores eleitorais de «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?» no ano de 2019, em que votaram perto de 79 mil alunos.



O grande vencedor do 1.º ciclo foi o «Não Abras Este Livro», de Andy Lee, com uma percentagem de 13,9%. No segundo lugar ficou o livro «O Diário de um Banana 1», de Jeff Kinney, com 13,5%, e em terceiro lugar ficou «O Cuquedo», de Clara Cunha, com 9,3%. 




No 2.º ciclo, três autores britânicos saíram vencedores: «Avozinha Gângster», de David Walliams, é o vencedor, com 16,2%; «Harry Potter e a Pedra Filosofal», de J. K. Rowling, ficou em segundo lugar, com 8% dos votos, e «Harry Potter e a Câmara dos Segredosl», da mesma autora, ficou em 3º lugar, com 7,3%.  


No 3º ciclo, o vencedor é o livro «Harry Potter e a Pedra Filosofal», de J. K. Rowling, e em segundo e terceiro lugar ficaram duas obras inspiradas em histórias reais: «O Diário de Anne Frank», de Anne Frank, com 14,4%, e «O Rapaz do Pijama às Riscas», de John Boyne, com 12,6% dos votos.

No ensino secundário, o vencedor é o livro «A Culpa é das Estrelas», de John Green,e em segundo e terceiro lugar ficaram duas obras inspiradas na segunda guerra mundial: «A Rapariga que roubava livros», de Markus Zusak, com 16,2%, e «O Diário de Anne Frank», de Anne Frank, com 14,1% dos votos.

Aqui podes visualizar os vídeos realizados sobre a atividade.


Encontro Entre Culturas - Santiago Sem Barreiras

Deixamos o registo da atividade realizada.
Para aceder ao video pode clicar na imagem.



Obrigada a todos e a todas que tornaram este momento possível!

A Equipa da Biblioteca agradece!


segunda-feira, 10 de junho de 2019

10 de Junho - Dia de Portugal

No dia 10 de Junho celebra-se em Portugal o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. O feriado nacional assinala ainda o dia da morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580, autor d´Os Lusíadas. Do programa do Dia de Portugal fazem parte muitas atividades, como desfiles e demonstrações militares, por exemplo. Este é o dia da Língua Portuguesa e do cidadão nacional.

História do Dia de Portugal

Durante o regime ditatorial do Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, o dia 10 de Junho era celebrado como o “Dia da Raça: a raça portuguesa ou os portugueses”. Foi aproveitado para exacerbar as características nacionais. Como Camões foi uma figura emblemática, associada aos Descobrimentos, foi usado como forma de o regime celebrar os territórios coloniais e o sentimento de pertença a uma grande nação espalhada pelo mundo, com uma raça e língua comum.

http://ensina.rtp.pt/artigo/camoes-e-um-simbolo-nacional-porque/
(Clica na imagem para saberes mais sobre Camões)

O 10 de Junho é estipulado como feriado, na sequência dos trabalhos legislativos após a implantação da República a 5 de Outubro de 1910. No decorrer desses trabalhos legislativos, foi publicado um decreto a 12 de Outubro, que definia os feriados nacionais. Alguns feriados foram eliminados, particularmente os religiosos, de modo a diminuir a influência da Igreja Católica e com o objectivo de consolidar a laicização da sociedade.

Até ao 25 de Abril, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça, este último epíteto criado por Salazar na inauguração do Estádio Nacional do Jamor em 1944. A partir de 1978 este dia fica designado como Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Neste dia, o Presidente da República e altas individualidades do Estado participam em cerimónias de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorrem em cidades diferentes todos os anos. Este ano as comemorações realizam-se em Portalegre e Cabo Verde na cidade da Praia e no Mindelo.. Anualmente são distinguidas novas individualidades pelo seu trabalho em nome da nação.

Fonte:https://www.vortexmag.net/porque-razao-o-dia-de-portugal-se-celebra-a-10-de-junho/

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Todos Juntos Podemos Ler - Mensagem de Paz a todas as Crianças

No âmbito do Projeto Todos Juntos Podemos, no passado dia 31 de maio, realizámos  na Biblioteca Escolar de Santiago Maior o "Encontro de Culturas - Santiago sem Barreiras".
A convite da Biblioteca Escolar e do Grupo de Línguas, os docentes de Língua Gestual Portuguesa e os alunos do pré-escolar e 6ºano, "tiveram a paz nas suas mãos"! 🙌

Assim, no "Encontro de Culturas", deixámos esta mensagem maravilhosa.

(…) Imagine todas as crianças vivendo um mundo em paz! (…)

Vale muito a pena ver!



Obrigada a todos (as)  que contribuíram para a realização do encontro, aos participantes e convidados.
A equipa da BE agradece!

terça-feira, 4 de junho de 2019

Leituras Pais e Filhos

Divulgamos a atividade desenvolvida com os pais e os alunos da turma do 4.º B.
Agradecemos à professora Vanda o envolvimento e a participação na atividade.
Para aceder ao video, pode clicar na imagem.