sexta-feira, 14 de junho de 2019

Grandes vencedores eleitorais de "Miúdos a Votos"


Conhece os resultados da atividade "Miúdos a Votos: Quais os livros mais fixes?"

Obrigada pela Tua participação!

«Não Abras Este Livro», «Avozinha Gângster», «Harry Potter e a Pedra Filosofal» e «A Culpa é das Estrelas» foram os grandes vencedores eleitorais de «Miúdos a Votos: quais os livros mais fixes?» no ano de 2019, em que votaram perto de 79 mil alunos.



O grande vencedor do 1.º ciclo foi o «Não Abras Este Livro», de Andy Lee, com uma percentagem de 13,9%. No segundo lugar ficou o livro «O Diário de um Banana 1», de Jeff Kinney, com 13,5%, e em terceiro lugar ficou «O Cuquedo», de Clara Cunha, com 9,3%. 




No 2.º ciclo, três autores britânicos saíram vencedores: «Avozinha Gângster», de David Walliams, é o vencedor, com 16,2%; «Harry Potter e a Pedra Filosofal», de J. K. Rowling, ficou em segundo lugar, com 8% dos votos, e «Harry Potter e a Câmara dos Segredosl», da mesma autora, ficou em 3º lugar, com 7,3%.  


No 3º ciclo, o vencedor é o livro «Harry Potter e a Pedra Filosofal», de J. K. Rowling, e em segundo e terceiro lugar ficaram duas obras inspiradas em histórias reais: «O Diário de Anne Frank», de Anne Frank, com 14,4%, e «O Rapaz do Pijama às Riscas», de John Boyne, com 12,6% dos votos.

No ensino secundário, o vencedor é o livro «A Culpa é das Estrelas», de John Green,e em segundo e terceiro lugar ficaram duas obras inspiradas na segunda guerra mundial: «A Rapariga que roubava livros», de Markus Zusak, com 16,2%, e «O Diário de Anne Frank», de Anne Frank, com 14,1% dos votos.

Aqui podes visualizar os vídeos realizados sobre a atividade.


Encontro Entre Culturas - Santiago Sem Barreiras

Deixamos o registo da atividade realizada.
Para aceder ao video pode clicar na imagem.



Obrigada a todos e a todas que tornaram este momento possível!

A Equipa da Biblioteca agradece!


segunda-feira, 10 de junho de 2019

10 de Junho - Dia de Portugal

No dia 10 de Junho celebra-se em Portugal o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas. O feriado nacional assinala ainda o dia da morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580, autor d´Os Lusíadas. Do programa do Dia de Portugal fazem parte muitas atividades, como desfiles e demonstrações militares, por exemplo. Este é o dia da Língua Portuguesa e do cidadão nacional.

História do Dia de Portugal

Durante o regime ditatorial do Estado Novo de 1933 até à Revolução dos Cravos de 25 de Abril de 1974, o dia 10 de Junho era celebrado como o “Dia da Raça: a raça portuguesa ou os portugueses”. Foi aproveitado para exacerbar as características nacionais. Como Camões foi uma figura emblemática, associada aos Descobrimentos, foi usado como forma de o regime celebrar os territórios coloniais e o sentimento de pertença a uma grande nação espalhada pelo mundo, com uma raça e língua comum.

http://ensina.rtp.pt/artigo/camoes-e-um-simbolo-nacional-porque/
(Clica na imagem para saberes mais sobre Camões)

O 10 de Junho é estipulado como feriado, na sequência dos trabalhos legislativos após a implantação da República a 5 de Outubro de 1910. No decorrer desses trabalhos legislativos, foi publicado um decreto a 12 de Outubro, que definia os feriados nacionais. Alguns feriados foram eliminados, particularmente os religiosos, de modo a diminuir a influência da Igreja Católica e com o objectivo de consolidar a laicização da sociedade.

Até ao 25 de Abril, o 10 de Junho era conhecido como o Dia de Camões, de Portugal e da Raça, este último epíteto criado por Salazar na inauguração do Estádio Nacional do Jamor em 1944. A partir de 1978 este dia fica designado como Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Neste dia, o Presidente da República e altas individualidades do Estado participam em cerimónias de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, que decorrem em cidades diferentes todos os anos. Este ano as comemorações realizam-se em Portalegre e Cabo Verde na cidade da Praia e no Mindelo.. Anualmente são distinguidas novas individualidades pelo seu trabalho em nome da nação.

Fonte:https://www.vortexmag.net/porque-razao-o-dia-de-portugal-se-celebra-a-10-de-junho/

quarta-feira, 5 de junho de 2019

Todos Juntos Podemos Ler - Mensagem de Paz a todas as Crianças

No âmbito do Projeto Todos Juntos Podemos, no passado dia 31 de maio, realizámos  na Biblioteca Escolar de Santiago Maior o "Encontro de Culturas - Santiago sem Barreiras".
A convite da Biblioteca Escolar e do Grupo de Línguas, os docentes de Língua Gestual Portuguesa e os alunos do pré-escolar e 6ºano, "tiveram a paz nas suas mãos"! 🙌

Assim, no "Encontro de Culturas", deixámos esta mensagem maravilhosa.

(…) Imagine todas as crianças vivendo um mundo em paz! (…)

Vale muito a pena ver!



Obrigada a todos (as)  que contribuíram para a realização do encontro, aos participantes e convidados.
A equipa da BE agradece!

terça-feira, 4 de junho de 2019

Leituras Pais e Filhos

Divulgamos a atividade desenvolvida com os pais e os alunos da turma do 4.º B.
Agradecemos à professora Vanda o envolvimento e a participação na atividade.
Para aceder ao video, pode clicar na imagem.



Todos Juntos Podemos Ler "O Rouxinol e a sua namorada"

Divulgamos a adaptação (em vídeo) do livro de alguns poemas da obra "O Rouxinol e a sua namorada", de Sidónio Muralha.
Clica na imagem e delicia-te a ouvir o canto das aves.




Pode aceder ao PPT da mesma obra no separador "Recursos TJPL (materiais adaptados)".

sábado, 1 de junho de 2019

Dia Mundial da Criança - 1 de junho

Fonte: Direção Geral de Educação

O Dia Mundial da Criança em Portugal é celebrado a 1 de junho.
Sabes como tudo começou?
Sabes que o primeiro dia Mundial da Criança foi celebrado pela primeira vez em 1950?

Tudo começou depois da II Guerra Mundial, em 1945, devido às más condições em que as crianças viviam nesse período pós-guerra. Nessa altura, os países da Europa e Oriente entraram em crise e as populações destes países viviam muito mal... em especial as crianças.

Em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo. Esse dia foi celebrado pela primeira vez no dia 1 de Junho desse mesmo ano.

Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:

- afecto, amor e compreensão;
- alimentação adequada;
- cuidados médicos;
- educação gratuita;
- protecção contra todas as formas de exploração;
- crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.


A 20 de Novembro de 1959, estes direitos foram passados para o papel e foi legalmente aprovada a "Declaração dos Direitos das Crianças", um documento com um conjunto de leis sobre a proteção das crianças.

A data é celebrada em vários países, contudo a data de comemoração difere de país para país.

Para acederes a outras publicações, clica na imgem:

http://twixar.me/rSXn

Celebração da Paz

No dia 31 de maio, celebrámos a Paz na Escola de Santiago Maior.
Foi lindo e todos se envolveram...

Dança do Hino da Peace Run

Leitura de textos e poemas  sobre "A PAZ"

Dança do Hino da Peace Run

Apresentação do Dicionário da Paz

quinta-feira, 30 de maio de 2019

Quinta feira de Ascensão - Feriado da cidade de Beja

Quinta feira de Ascensão, feriado municipal da cidade de Beja.

Quinta-Feira da Ascensão comemora a ascensão de Jesus ao céu. É uma das festas comemorada por todas as igrejas cristãs. A Ascensão é tradicionalmente celebrada numa quinta-feira, a décima-quarta da Páscoa.
Este dia é também conhecido como o dia da espiga e, como manda a tradição, as pessoas vão para o campo apanhar a espiga, a qual não é apenas um bonito ramo de várias plantas, mas é também um poderoso amuleto, que é pendurado, por norma, na parede da cozinha ou da sala, para trazer saúde e sorte.

Para saberes mais sobre as nossas tradições, clica na imagem:


Imagem ilustrativa

Delicia-te a ouvir a moda alentejana "Quinta feira da Ascensão".
Clica na imagem.



A equipa da Biblioteca deseja um bom feriado!

TJPL - Convite - "Encontro de Culturas - Santiago sem Barreiras"

Divulgamos o próximo evento que iremos realizar, no próximo dia 31 de maio, pelas 18h, na Biblioteca Escolar de Santiago Maior.


Não faltes!

quarta-feira, 29 de maio de 2019

Logotipo do Clube de Leitura e Escrita da Escola Básica de Santiago Maior

Divulgamos  à comunidade educativa o logotipo do Clube de Leitura e Escrita da Biblioteca de Santiago Maior.
Agradecemos à Margarida por ter elaborado o desenho (inspirado no célebre Principezinho de Saint Exupery), e a todos os elementos do Clube pelo seu contributo.


quinta-feira, 23 de maio de 2019

A Paz - Todos Juntos Podemos Ler

No âmbito do projeto que estamos a desenvolver, divulgamos a adaptação que fizemos do livro "What is peace?", de Etan Boritzer.





Dormir mais para s(l)er melhor

No âmbito do projeto de trabalho desenvolvido no jardim de Infância de Santiago Maior, divulgamos alguns recursos e materiais para a exploração do tema: "A importância do sono - Bom Sono, Boa Vida".
Outros recursos podem ser consultados na página do projeto da Biblioteca Escolar de Santiago Maior: "Dormir + para ler melhor".
Para aceder, clique na imagem.


Apresentação em PPT  sobre as características e  importância do sono para o equilíbrio e bem estar de todos os seres.
Clique na imagem para aceder



Notícias da Biblioteca Escolar de Santiago Maior no site da Visão Júnior

Deixamos a notícia que a equipa da Visão Junior fez no seu site sobre a nossa participação no projeto "Miúdos a Votos".

Clica na imagem para acederes ao video.



A equipa da biblioteca escolar agradece a participação e o envolvimento!

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Festival Beja Romana

Beja regressa ao período  romano de 23 a 25 de maio!

"Sob o tema da partilha de culturas, o Festival Beja Romana surge como um encontro do património local, de um período específico da nossa história, com a atualidade. Este ano são apresentados aos visitantes diversos itinerários por exposições, conferências, visitas pedagógicas, oficinas didáticas, música, animação, cortejos, mercado, acepipes, museu ao vivo e outras experiências. Estas são algumas das propostas para a Beja Romana, este ano com uma maior aposta nas atividades educativas e no envolvimento das escolas do concelho (...).

A importância dos diversos achados que se vão observando, um pouco por todo o centro histórico da cidade, remetem-nos para a existência de outros edifícios, ainda que até ao presente não tenhamos logrado localizar o teatro, o anfiteatro ou o circo, edifícios que, certamente, existiram em tão importante cidade. A cidade romana sofreu alterações ao longo do tempo, os seus principais espaços adaptar-se-iam aos novos modelos e exigências funcionais que a evolução do vasto Império iria ditando."






terça-feira, 21 de maio de 2019

Herança Romana


No âmbito da parceria com a Câmara Municipal de Beja, com vista a sensibilizar os alunos para o Festival “Beja Romana” reconhecendo a importância deste período específico da nossa história, as turmas dos alunos do 1.º ciclo, 5.º e 7.º ano foram convidadas para uma conversa com especialistas em volta da romanização, identificação do império e exploração de alguns vestígios no território Pax Júlia. 

Cartaz de divulgação da atividade

Agradecemos o contributo dos profissionais da EDIA que, com o seu saber, dinamizaram as sessões de trabalho. 








Lembramos que no dia 24 de Maio na Beja Romana, será realizada uma oficina dirigida aos alunos do 5.º ano como parte integrante da conversa de enquadramento histórico.


terça-feira, 14 de maio de 2019

TJPL- Peace Run

Todos Juntos Podemos Ler

É com muita alegria que vamos receber a equipa da Peace Run, no próximo dia 31 de maio, pelas 9h30, e acolher a mensagem da paz mundial  a todos os alunos e toda a comunidade educativa, com a possibilidade de receber a tocha que tem percorrido todo o continente europeu, juntando a esta, os seus desejos pela harmonia mundial e o respeito e aceitação das diferentes nacionalidades e culturas.




domingo, 12 de maio de 2019

Bichinhos de contos_Atividade para as turmas do 1.º ano de Santiago Maior

Divulgamos o projeto de leitura e escrita "Bichinhos de contos", desenvolvido em parceria com a Escola Superior de Educação de Beja, nas disciplinas de Literacia e Formação de Leitores e Aprendizagem e Ensino da Língua Portuguesa, com as turmas de 1.º da Escola Básica de Santiago Maior.




quinta-feira, 9 de maio de 2019

Dia da Europa

O Dia da Europa celebra-se a 9 de maio.

Imagem ilustrativa
"Este dia, também conhecido como Dia da União Europeia, comemora a Declaração Schuman, a declaração que deu origem à União Europeia. Esta declaração foi uma proposta da criação de uma entidade europeia supranacional avançada a 9 de maio de 1950 pelo estadista luxemburguês Robert Schuman. Atualmente a União Europeia é composta por 28 Estados-membros." O tratado que neste momento rege a União Europeia é o tratado de Lisboa que entrou em vigor em 2009.

Para comemorar o Dia da Europa realizam-se vários eventos, como a entrega de prémios de concursos, palestras, concertos e o lançamento de livros, organizados pela Representação da Comissão Europeia e pelo Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, em parceria com outras entidades.

As instituições europeias abrem as suas portas ao público em diferentes dias do mês de maio, em Estrasburgo, no Luxemburgo e em Bruxelas. As representações e delegações da UE na Europa e no resto do mundo realizam eventos para todas as pessoas interessadas em participar.
Para comemorar o Dia da Europa realizam-se vários eventos, como a entrega de prémios de concursos, palestras, concertos e o lançamento de livros, organizados pela Representação da Comissão Europeia e pelo Gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, em parceria com outras entidades, para assinalar o dia e dar a conhecer melhor a União Europeia.


Para ficares a conhecer melhor a União Europeia (UE), clica na imagem:



domingo, 5 de maio de 2019

Dia da Mãe

O Dia da Mãe é uma data comemorativa que em Portugal se celebra no primeiro domingo do mês de maio.

Para saberes mais, clica na imagem.

Gustav Klimt


Sugestão de leituras para este dia.

"Coração de mãe", de Isabel Minhós Martins e Bernando Carvalho.

In: https://www.wook.pt/livro/coracao-de-mae-isabel-minhos-martins/217897


Esta história fala-nos de um cordão umbilical entre a mãe e os filhos que nunca se corta, apenas estica.
Assim se desvendam alguns mistérios das mães. O olhar os filhos com uma centelha nos olhos, o cuidar deles - no fundo tudo o que acontece ao filho - espelha-se no coração da mãe.


"A mãe que chovia", de José Luís Peixoto.

In: https://www.wook.pt/livro/a-mae-que-chovia-jose-luis-peixoto/12861579


O protagonista do primeiro livro infantil de José Luís Peixoto é filho da chuva. Com uma mãe tão original, tão necessária a todos, tem de aprender a partilhar com o mundo aquilo que lhe é mais importante: o amor materno. Através de uma ternura invulgar, de poesia e de uma simplicidade desarmante, este livro homenageia e exalta uma das forças mais poderosas da natureza: o amor incondicional das mães.


Fontes: http://bibliotecasantiagomaioragr1.blogspot.com/search?q=dia+da+mae://;


A equipa da Biblioteca envia um beijinho muito especial a todas as Mães!

quinta-feira, 2 de maio de 2019

1 de maio - Dia do trabalhador

Conta-me porque é feriado no dia 1 de maio...

Todos os anos, no dia 1 de Maio, comemora-se, em todo o mundo, o Dia do Trabalhador.
A história deste dia é uma história coletiva que envolveu trabalhadores de diferentes países.

Para saber mais sobre este dia, clica na imagem!

quinta-feira, 25 de abril de 2019

25 de abril- revolução dos cravos


Conta-me como foi o 25 de abril.

25 de abril de 1974, o dia em que o País voltou a ser uma democracia, depois de 48 anos de ditadura. Sabe como tudo se passou . Clica na imagem!

http://visao.sapo.pt/visaojunior/noticias/2016-04-14-Conta-me-como-foi-o-25-de-abril?fbclid=IwAR1ri2gKG4v-RQVXHovr2KJS_rYyQsEndZfCiwte2yf6MjhMfT2DDuUykKg


Cravo: o símbolo da revolução
No próprio dia da revolução, uma pastelaria na Baixa preparava-se para comemorar mais um aniversário oferecendo flores a todos os clientes. A funcionária encarregada de comprá-las passou pelos militares e começou a distribuí-las - cravos vermelhos. Os soldados puseram-nos nos canos das espingardas.
Esta imagem feliz de uma arma que, ainda que dispare, só irá atirar flores, foi captada por fotógrafos e adoptada para cartaz largamente divulgado. O cravo tornou-se a imagem da revolução e o 25 de Abril ficou conhecido (pelo menos nos seus primeiros tempos) como a "Revolução dos Cravos".
                    
Praça do Comércio.jpg
                                 Praça do Comércio
PSP batendo pála ao Cap. Salgueiro Maia
Data(s): 25 de Abril de 1974
Fotógrafo: não identificado...


O primeiro cartaz sobre o 25 de abril

                                            25th April 1974 Carnation Revolution - 25 de Abril 1974 Revolução dos Cravos | Joana Morais

                 Fotos das primeiras páginas de  jornais no dia 25 de abril de 1974

                        

http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/EFEMERIDES/25Abril40Anos/25deabril40Anos_ACapital.htm
                        
http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/EFEMERIDES/25Abril40Anos/25deabril40Anos_DiarioPopular.htm
        
http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/EFEMERIDES/25Abril40Anos/25deabril40Anos_DiariodeLisboa.htm
                   
Propostas de leituras (entre outras também importantes) sobre o tema:

 "Era uma vez o 25 de Abril" de José Fanha | Literatura Infanto-Juvenil |               Destacamos hoje algumas obras emblemáticas, reedições e novas publicações em redor do tema, na literatura para crianças e jovens, lugar onde, dizem, ainda é permitido não ter medo. 1. “Livro livre”…
Bom Feriado!

sábado, 13 de abril de 2019

Semana da Leitura - "Chá Literário - Ler Sophia"

No passado dia 29 de março, com o contributo dos alunos do Clube de Leitura de Santiago Maior e dos alunos da turma do 8.º B e respetiva diretora de turma Conceição Custódio,  em parceria com a docente de Português Rita Dias, dinamizámos uma atividade que envolveu também os pais e encarregados de educação.
Enquadrada no centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen, a atividade "Ler Sophia", enfatizou os seguintes temas:

  • Sophia e o mar
  • Sophia e a liberdade
  • Sophia e o futuro

Ao som da música dos seus poemas, entre chá e biscoitos, deliciámo-nos com as leituras dos textos de Sophia de Mello Breyner Andresen . Houve também um momento em que se divulgou/ apresentou a biografia da autora,  resultado de um trabalho de pesquisa dos alunos.
Um agradecimento especial à professora de LGP Raquel Lapa, que nos apoiou e produziu o vídeo, aos elementos da direção da Escola que nos apoiaram e marcaram presença, aos pais e familiares que estiveram presentes e, sobretudo, aos alunos que se envolveram significativamente na atividade.

Convidamos-te a espreitar como tudo se passou...
Clica na imagem.



A equipa da Biblioteca agradece!

Projeto em parceria com a ESE de Beja e as docentes que lecionam o 1.º ano da EB de Santiago Maior – Sugestão de títulos

Para o 3.º período, em parceria com a Escola Superior de Educação de Beja nas disciplinas de Literacia e Formação de Leitores e Aprendizagem e Ensino da Língua Portuguesa, vamos desenvolver um projeto de leitura e escrita com as turmas dos alunos do 1.º ano. 

Aqui ficam as propostas de fundo documental sugeridas para este projeto. 

Para conhecer melhor o livro pode(s) clicar na imagem...
























(em 4 leituras)


(em 4 leituras)

(em 4 leituras)

(em 4 leituras)